7 maiores descobertas de planetas feitas pelo Kepler

7 maiores descobertas de planetas alienígenas feitas pelo Kepler
O telescópio espacial Kepler da NASA, foi lançado em março de 2009 para caçar planetas alienígenas do tamanho da Terra que podem ser capazes de suportar a vida como a conhecemos. 

A sua caça por mundos alienígenas foi um sucesso espetacular, dizem os pesquisadores, com a sinalização de mais de 2.700 potenciais planetas alienígenas até ao momento. 

E mais descobertas vão continuar a ser feitos nos próximos anos. Conheça aqui algumas das maiores descobertas de Kepler até à data. 

7. Kepler-10b: O primeiro planeta rochoso alienígena 

"Kepler-10b é o primeiro exoplaneta inquestionavelmente rochoso", disseram os cientistas ao anunciar a sua descoberta em janeiro de 2011. O mundo escaldante-quente, que tem cerca de 1,4 vezes o tamanho da Terra, fica a cerca de 560 anos-luz de distância. 

Kepler-10b: O primeiro planeta rochoso alienígena


6. Kepler-16b: Planeta semelhante a Tatooine

O gigante de gás Kepler-16b é o primeiro exoplaneta já encontrado com dois sóis no seu céu. Tal como Tatooine - o mundo natal de Luke Skywalker em "Star Wars" - Kepler-16b orbita um par de estrelas em vez de apenas uma. O planeta foi descoberto em setembro de 2011; sendo que desde então o Kepler já encontrou outros planetas semelhantes.

Kepler-16b: Planeta semelhante a Tatooine


5. Kepler-20e: O primeiro planeta alienígena menor que a Terra 

Kepler-20e é o primeiro mundo alienígena já encontrado a ser menor do que a Terra, tendo cerca de 0,87 vezes a largura do nosso planeta. Kepler-20e e o seu irmão Kepler-20f, que tem 1,03 vezes o tamanho da Terra, foram anunciados em dezembro de 2011. 

Kepler-20e: O primeiro planeta alienígena menor que a Terra


4. Kepler-22b: O primeiro planeta possivelmente habitável 

Em dezembro de 2011, os astrônomos anunciaram a descoberta de Kepler-22b, o primeiro planeta que potencialmente pode suportar a vida. Kepler-22b é 2,4 vezes maior que a Terra e orbita uma estrela muito parecida com o nosso sol. 

Kepler-22b: O primeiro planeta possivelmente habitável


3. Kepler-37b: O menor planeta alienígena 

O pequeno planeta alienígena Kepler-37b, que foi anunciado em fevereiro de 2013, é ligeiramente maior que a lua da Terra e orbita a sua estrela a cada 13 dias. É provável que tenha uma temperatura de superfície superior a 400 graus Celsius.

Kepler-37b: O menor planeta alienígena


2. Kepler-62e e Kepler-62f: Possíveis mundos aquáticos que suportam vida

Kepler-62e e 62f são talvez os mais promissores candidatos a hospedar vida fora do nosso sistema solar. Os planetas, que têm cerca de 1,6 e 1,4 vezes o tamanho da Terra, respectivamente, podem ser ambos mundos aquáticos cujos oceanos globais estão cheios de vida, dizem os pesquisadores. A sua descoberta foi anunciada em abril de 2013.

Kepler-62e e Kepler-62f: Possíveis mundos aquáticos que suportam vida


1. O grande plano acerca dos exoplanetas 

A maior contribuição do Kepler não é um único planeta recém-descoberto ou um sistema planetário, mas sim a visão sistemática de mundos além do nosso sistema solar que está a dar aos cientistas. 

O grande plano acerca dos exoplanetas


Por exemplo, as observações do Kepler revelaram que os planetas pequenos e rochosos como a Terra são muito mais comuns em toda a galáxia do que os gigantes gasosos, como Júpiter ou Saturno, pelo menos em órbitas próximas. [Space]
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Muito interessante. eles agora podiam mandar mais naves como essas para esses planetas para que assim possamos tirar aquela dúvida que paira em nossa cabeça.

    será que estamos sozinhos ou não ???

    ResponderEliminar