Cérebro já não distingue os emoticons das emoções

Cérebro já não distingue os emoticons das emoções
Alguém sabe o emoticon para uma vaga sensação de desconforto, causada por olhar para um futuro sombrio e tecnologicamente alienante?

Um novo estudo publicado na revista Social Neuroscience diz que o cérebro começou a processar um emoticon digitado com os mesmos sinais que antes só acompanhavam o processamento de uma emoçao real do rosto humano.

Pesquisadores da Universidade Flinders, na Austrália, mostraram a vinte participantes Smiley Faces, juntamente com rostos reais e cadeias de símbolos que não se deviam parecer com rostos. 

Na mesma altura, gravaram os sinais na região do cérebro que é ativada principalmente quando vemos rostos. Este sinal, chamado de potencial relacionado a evento N170, é mais alto quando as pessoas vêem rostos reais, mas também se elevava quando as pessoas viam o emoticon padrão :) . 

"Isso indica que os emoticons são processados ​​em locais occipitotemporais tal como os rostos, devido à sua configuração familiar, dizem os pesquisadores. E nem todas as variações de emoticons são igualmente poderosos em derrubar as escalas emocionais do cérebro. 

O clássico :) ou mesmo a variação incluindo o nariz :-) são apenas alguns dos novos amigos felizes, que são percepcionados da mesma forma que acontece às emoções reais percepcionadas na cara das pessoas.

No entanto, quando o seu cérebro vê esta variação de sorriso (-: rejeita a resposta emocional percebendo apenas como barulho ou um monte de marcas de pontuação assustadoras amontoadas numa aproximação hedionda da emoção humana. [io9]
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário