3 sinais inquietantes do aquecimento global

3 sinais inquietantes do aquecimento global
Glaciares em declínio, concentração recorde de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, temperaturas extremas, marés ameaçadoras, tufões furiosos e constantes.

Os eventos climáticos de 2013 refletem o que os cientistas, há décadas, têm observado: o nosso planeta está a tornar-se num lugar mais quente. [Elevação do nível do mar e mudanças climáticas]

É o que mostra o mais novo relatório da Sociedade Meteorológica Americana e da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos (NOAA).

Compilado por 425 cientistas de 57 países e divulgado anualmente, o estudo Estado do Clima de 2013 traz informações atualizadas sobre os indicadores globais relacionados às mudanças climáticas.

Conheça alguns dos mais importantes sinais que confirmam a tendência de aquecimento global do nosso planeta a longo prazo.

Emissões elevadas


Os gases de efeito estufa (GEE) continuaram a subir no passado ano. No Observatório Mauna Loa, no Havaí, a concentração diária de CO2, o GEE mais importante, ultrapassou 400 ppm em 9 de maio, pela primeira vez, desde que as medições começaram no local, em 1958.

Em média, a concentração anual de CO2 em 2013 situou-se em 395,3 ppm, um aumento de 27% em relação aos níveis pré-industriais. Os cientistas esperam que a média global anual irá alcançar o limite de 400 ppm dentro de alguns anos.

Anualmente, as atividades humanas produzem mais CO2 do que os processos naturais podem absorver. Isso significa que o valor de dióxido de carbono atmosférico nunca diminui. Assim, o acúmulo anual do gás continua a subir enquanto a humanidade queima combustíveis fósseis.

Calor a aumentar


O ano de 2013 ficou entre os dez anos mais quentes desde que os registros modernos começaram, em 1850. A temperatura média da superfície global ficou cerca de 0,5°C acima da média de 1961-1990, e 0,03°C acima da média registadas entre 2001 e 2010.

A temperatura da superfície é uma das variáveis de tempo e clima mais familiares e consistentemente medidas pelo cientistas - e tem conexão direta com as mudanças climáticas a longo prazo. [Assista a 60 anos de aquecimento global em 15 segundos]

Não podemos esquecer que, de todos os planetas, a Terra tem uma temperatura de superfície amigável à vida. Essa característica resulta do equilíbrio entre a entrada de luz solar e a saída de energia térmica.

Essa energia diz respeito ao calor irradiado de volta para o espaço por todas as partes do ecossistema planetário, desde os solos aos oceanos. A tendência de aquecimento de longo prazo da Terra mostra que o equilíbrio foi alterado.

Maré a subir


O nível médio do mar continuou a subir em 2013, seguindo o ritmo de elevação de 3,2 mm por ano registrado ao longo das últimas duas décadas. Parte do aumento é devido ao derretimento das geleiras e outra parte é devido ao aumento da temperatura da água.

O aumento da temperatura faz com que a água se expanda aumentando o seu volume. Além disso, cerca de 15% da tendência de alta do nível do mar ao longo das últimas duas décadas tem sido atribuída à variabilidade natural. [5 mitos sobre o derretimento da Antártida]

A elevação do nível do mar é uma ameaça direta às populações costeiras em todo o mundo e já coloca em xeque a existência de micropaíses, como as Maldivas e Kiribati. Globalmente, 8 das 10 maiores cidades do mundo também estão perto de uma costa.

De igual forma, o aumento do nível do mar revela-se um elemento “stressor” sobre os ecossistemas costeiros que proporcionam proteção contra tempestades e habitat para peixes e outros animais. [info]
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. Infelizmente é demasiadamente preocupante essa situação. O que nos resta a fazer é cada um ter consciência do que pode fazer pra ajudar e não se achar pequeno diante a situação enorme.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta "consciência" que você se refere, só será invocada quando uma grande catástrofe acontecer. O Ser Humano só muda seus hábitos e pensamentos através de grandes sofrimentos. Sempre prioriza para si aquilo que lhe traz prazer imediato, sendo tudo que for possível remediar ou deixar para depois, o fara!.

      Eliminar