Que espécies regem a Terra? A resposta pode surpreendê-lo

Que espécies regem a Terra? A resposta pode surpreendê-lo
No filme recém-lançado, "Dawn of the Planet of the Apes", humanos e macacos disputam o domínio depois de um vírus tornar os macacos hiperinteligentes e dizimar a maioria dos seres humanos. 

A ideia de outra espécie, ou forma de vida, que dominasse o planeta é um pouco bizarra. No entanto, dependendo de como o domínio é definido, outras criaturas pode já estar no comando, dizem os especialistas.

Com os seres humanos ao redor, é muito difícil para uma outra espécie superinteligente evoluir, afirma Jan Zalasiewicz, paleobiologista na Universidade de Leicester. "Os seres humanos têm sido bastante bons na remoção da competição", disse Zalasiewicz.

Ao longo de vários milhões de anos de evolução, os seres humanos modernos já ultrapassaram vários primatas e outras espécies de humanos, como Denisovans, criaturas semelhantes a hobbits apelidadas de Homo floresiensis, e os Neandertais.

Ainda assim, a premissa do filme não é muito realista. Os macacos não são susceptíveis de nos suplantar, já que gorilas e chimpanzés têm baixos números populacionais: um pouco mais de 100 mil gorilas em todo o mundo e menos de 250.000 chimpanzés.

Com 7 bilhões de seres humanos no planeta, mesmo que 95% deles morressem como resultado de um vírus projetado, o restante ainda superaria em muito os macacos. Mas, supondo que os seres humanos tinham conseguido destruir-se o que aconteceria?

Poderiam demorar muitos milhões de anos para que uma nova espécie evoluísse a inteligência e habilidade para dominar a Terra. Afinal de contas, criaturas inteligentes como os seres humanos evoluem apenas uma vez nos cerca de 3,5 bilhões de anos de vida do planeta, disse Zalasiewicz.

Os ratos, pragas omnipresentes que vivem em praticamente cada pedaço de terra do planeta, já são inteligentes e têm uma estrutura social altamente evoluída. Em muitos milhões de anos, os ratos enormes poderiam tornar-se uma espécie hiperinteligente e governar a terra.

Os porcos também têm estruturas sociais complexas e um alto nível de inteligência. Se eles evoluíssem a capacidade de utilizar ferramentas e continuassem a evoluir a inteligência ao longo de milhões de anos, eles poderiam controlar o planeta.

Mas, realisticamente, a maior ameaça para os seres humanos não é uma criatura naturalmente evoluída, mas a inteligência artificial, afirma Zlasiewicz. "Se alguma coisa inteligente surgir, será eletrônica e seremos nós a fazer isso", disse Zalasiewicz.

Os pesquisadores relataram recentemente que uma máquina tinha passado o teste de Turing, exibindo um comportamento que poderia passar como "humano".(No Teste de Turing, se um entrevistador humano não pode notar a diferença entre uma máquina e um ser humano, então a máquina mostra comportamento inteligente.

E o futurista Ray Kurzweil há muito tempo previu que a singularidade, um ponto hipotético quando a inteligência das máquinas ultrapassa a dos humanos, acontecerá em 2045. Por outro lado, e num nível específico, os humanos não dominam a Terra atualmente.

As bactérias venceu os seres humanos de várias maneiras, afirma Robert J. Sternberg, professor de desenvolvimento humano na Universidade de Cornell. "Os seres humanos só imaginam que dominam a Terra. As bactérias dominam mesmo a Terra".

E as bactérias não são os únicos candidatos a dominar o mundo. "As formigas já controlam o planeta", diz Mark W. Moffett, entomologista da Smithsonian Institution. "Eles apenas fazem-no por baixo dos nossos pés".

Por exemplo, há muito mais formigas do que há seres humanos, e o seu peso total, ou biomassa, é igual ou superior à dos humanos. Elas também usam normas militares tradicionais de engajamento para fazer a guerra.

E apesar de uma formiga não ser muito inteligente, elas ainda podem resolver problemas extraordinários com a sua mente colméiat. "Formigas individuais são o equivalente aos neurónios no seu cérebro - cada um não tem muito a dizer, mas em combinação podem dizer muito", afirma Moffett. [Livescience]
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. Tem muitos artigos interessantes aqui. Não dá para sair sem ler vários!

    ResponderEliminar
  2. GOSTEI MUITO DA TUA POSTAGEM...

    ResponderEliminar