13 piores terremotos do século 21

13 piores terremotos do século 21
De vez em quando algumas partes do nosso mundo são sacudidas violentamente, num fenómeno natural a que demos o nome de terramotos.

Específicamente na última década, diversos países sentiram a fúria que vem das profundezas da Terra e provoca grandes prejuízos económicos e humanitários.

Desde as ondas gigantes que atingiram as ilhas do Pacífico em 2004 até ao tremor seguido de tsunami que atingiu o Japão em 2011, conheça alguns dos princiapais terremotos que abalaram o mundo nos últimos anos.

Setembro de 2013, Paquistão


Em setembro de 2013, um terremoto com magnitude de 7,7 na escala de Richter sacudiu a província de Baluchistão, no Paquistão. O fenómeno matou pelo menos 500 pessoas e criou uma ilha na costa paquistanesa.

Outubro de 2013, Filipinas


Em outubro de 2013, um terremoto de 7,2 graus de magnitude na escala de Richter sacudiu o centro do arquipélago filipino e deixou pelo menos 200 mortos e mais de 700 feridos. O terremoto afetou mais de 3,1 milhões de pessoas e causou danos avultados em infraestruturas.

Agosto de 2012, Irão


Uma série de terremotos levaram a destruição a pequenas aldeias iranianas, a 11 de agosto de 2012. Pelo menos 300 pessoas morreram, sendo a maioria mulheres e crianças, e mais de 3 mil ficaram feridas. A maior parte do território do Irão fica numa região de constantes movimentos tectónicos.

Março de 2011, Japão


A 11 de março de 2011, o Japão foi atingido por um um terremoto e um tsunami que devastaram o nordeste do país, detonando uma emergência atómica que transformaria Fukushima numa cidade fantasma e mudaria os rumos da energia nuclear no mundo. Houve cerca de 13 mil mortes confirmadas e 16 mil desaparecidos.

Janeiro de 2010, Haiti


A 12 de janeiro de 2010, um forte terremoto de magnitude 7 na escala de Richter atingiu o Haiti, matando 250 mil pessoas e deixando cerca de 1,5 milhão desabrigadas. O epicentro foi a poucos quilómetros de Port au Prince, a capital, onde inúmeros edifícios foram destruídos.

Fevereiro de 2010, Chile


O tremor com magnitude de 8.8 graus na escala de Richter que sacudiu o Chile na madrugada de 27 de fevereiro de 2010 atingiu 80% do país e espalhou a destruição. Estima-se que os prejuízos económicos tenham alcançado os 30 bilhões de dólares. O país contabilizou 525 mortos.

Outubro de 2010, Indonésia


Um tsunami provocado por um terremoto de 7,7 na escala de Rischter atingiu as Ilhas de Mentawai, na Indonésia, em outubro de 2010. Poucas horas depois, outra tragédia: o vulcão mais ativo do país, o Monte Merapi, entrou em forte atividade. Cinzas e chamas cobriram as ilhas. Juntas, a erupção vulcânica e o tsunami mataram mais de 500 pessoas.

Setembro de 2009, ilhas do Pacífico Sul


Um terremoto de 8,3 na escala Richter atingiu o arquipélago de Samoa, no Pacífico Sul, e provocou tsunamis de até 12 metros de altura. Para escapar da catástrofe, boa parte da população fugiu para as montanhas. Pelo menos 195 pessoas morreram.

Abril de 2007, Ilhas Salomão


Às sete da manhã do dia 2 de abril de 2007, as Ilhas Salomão foram sacudidas por um tremor de terra de 8,1 na escala de Richter. Pelo menos 50 pessoas morreram e outras 6 mil ficaram desalojadas. A força do terremoto chegou a elevar permanentemente a ilha de Ganongga em dois metros.

Setembro de 2007, Padang


Um terremoto de 8,4 de magnitude com epicentro próximo de Sumatra deixou em ruínas a cidade costeira de Padang, na madrugada de 30 de setembro de 2007. Pelo menos 25 pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas. O terremoto destruiu mais de 60% da cidade.

Maio de 2006, Java


Um terremoto de 6,2 na escala Richter e com duração de 57 segundos atingiu a ilha de Java, a 27 de maio de 2006. A cidade de Yogyakarta, com cerca de 500 mil habitantes foi a mais atingida. Ao todo, foram contabilizados 6.234 mortos, 20 mil feridos e 340 mil desabrigados.

Março de 2005, Sumatra


Na noite do dia 28 de março de 2005, um forte terremoto de 8,7 na escala Richter atingiu a costa norte de Sumatra, matando 1.300 pessoas. Dezenas de milhares de habitantes entraram em pânico e saíram às ruas para escapar de possíveis desabamentos.

Dezembro de 2004, Oceano Índico


O terremoto de 9 graus na escala Richter que atingiu as ilhas do oceano índico a 24 de dezembro de 2004 entrou para a história como um dos mais violentos. Ao tremor de terra, seguiu-se um tsunami de cerca de dez metros de altura, que devastou as zonas costeiras.

O saldo de mortos relativos ao desastre chegou a 230 mil pessoas. Estima-se que o sismo tenha diminuído o comprimento dos dias no nosso planeta Terra em aproximadamente 6,8 microssegundos. [info]
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário