A ciência dos piratas (com video)

A ciência dos piratas (com video)

Os piratas têm reputação de serem desleixados e bêbados, mas na realidade, eles eram incrivelmente inventivos. Conheça alguns fatos interessantes sobre piratas.


O último episódio de A Week in Science, da RiAus, leva-nos através da ciência dos piratas, mostrando-nos como eles sabiam para onde estavam navegando no mar azul profundo antes de terem acesso às modernas bússulas.

Dispositivos conhecidos como o sextante foram usados ​​para descobrir a latitude do navio em relação aos corpos celestes como o Sol e as estrelas. E para descobrir o quão rápido o navio estava viajando, os piratas usavam um pedaço de madeira amarrado ao final de um longo rolo de corda.

Quando a madeira era jogada ao mar, eles puxavam a corda que tinha nós uniformemente espaçados. Contando quantos nós passavam a cada 28 segundo eles eram capazes de saber o quão rápido estavam a navegar. Por isso atualmente medimos a velocidade dos navios em "nós"!

Mas, você sabia que os piratas eram mais propensos a morrer de doença do que de combate? Se eles não desmaiassem graças ao escorbuto, devido à falta de frutas e legumes frescos para comer no convés, uma amputação necessária podia acabar sendo a queda de um pirata.

Mesmo se sobrevivesse à cirurgia sangrenta e à dor do procedimento sem anestesia, o seu toco quase certamente ficaria infectado, e eles não tinham nada a bordo para tratar isso. Saiba mais sobre a vida dos piratas no mais recente episódio de A Week in Science abaixo. [Sciencealert]

PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário