Astrônomos podem ter detectado evidência direta de matéria escura

Astrônomos podem ter detectado evidência direta de matéria escura

Os cientistas detectaram um sinal de raios-X misteriosa que pode ser causado por matéria escura fluindo para fora do núcleo do nosso Sol.


Cientistas no Reino Unido podem ter finalmente encontrado evidência direta da matéria escura saindo do nosso Sol. A matéria escura é uma massa invisível de origem desconhecida, que compõem 85 por cento do Universo.


No entanto, os cientistas nunca foram capazes de detectá-la diretamente - só se sabe que está lá por causa do seu efeito gravitacional sobre a luz normal e sobre a matéria.

Agora, cientistas da Universidade de Leicester identificaram um sinal no espectro de raios-X, que parece ser uma assinatura de uma partícula de matéria escura hipotética que nunca fora detectada antes.

Apesar de não podermos ficar demasiado animados - levará anos para confirmar se este sinal realmente é a matéria escura - a descoberta mudaria completamente a nossa compreensão de como o Universo funciona.


Afinal, a matéria escura é a força que mantém as nossas galáxias em conjunto, de modo que aprender mais sobre isso é muito importante. Os pesquisadores detectaram pela primeira vez o sinal durante uma pesquisa que envolveu 15 anos de medições.

Os pesquisadores previram que os axions, a existirem, seriam produzidos invisivelmente pelo Sol, mas poderiam ser convertidos em raios-X ao atingirem o campo magnético da Terra. E isso foi precisamente o que os cientistas descobriram.

A pesquisa já foi publicado no Monthly Notices da Royal Astronomical Society, mas, infelizmente, o primeiro autor, o Professor George Fraser morreu no início deste ano. Se for confirmado, é difícil saber o quão profundo o impacto desta descoberta pode ter. [Sciencealert]
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário