O campo magnético da Terra irá virar nos próximos 100 anos

O campo magnético da Terra irá virar nos próximos 100 anos

Olhar para uma bússula e perceber que o norte magnético está algures na Antártida pode soar a ficção científica, mas tal poderá ocorrer num futuro próximo.


A mudança do campo magnético é notícia velha. Há cerca de 800 mil anos, o norte magnético pairou sobre a Antártida. Os pólos têm alternado várias vezes ao longo da história da Terra.

Os cientistas estimam que um ciclo começa com o enfraquecimento do campo magnético sobre a extensão de alguns milhares de anos, então os pólos viram e o campo brota de volta com força total novamente.


No entanto, um novo estudo que será publicado na edição de novembro da Geophysical Journal International, mostra que a última vez que os pólos da Terra se alteraram, só levou 100 anos para que a reversão acontecer. O campo magnético da Terra está em uma fase de enfraquecimento agora.

Os dados recolhidos neste verão por um satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) sugere que o campo está enfraquecendo 10 vezes mais rápido do que os cientistas pensavam inicialmente. Eles previram que uma mudança pudesse ocorrer dentro dos próximos dois mil anos.

Acontece que pode ser uma estimativa muito liberal, dizem agora os cientistas. Os geólogos ainda não têm certeza do por quê do campo magnético do planeta se alterar. O núcleo de ferro da Terra age como um ímã gigante e gera o campo magnético que envolve o planeta.

Isso ajuda a proteger contra explosões de radiação que emergem do sol e às vezes vem em direção à Terra. Um campo magnético enfraquecido pode interromper as redes de energia e de comunicação de rádio, e colocar o planeta em níveis anormalmente elevados de radiação.


Será o fim do mundo?


Apesar de uma mudança de pólos poder causar alguns problemas técnicos, não há necessidade de pânico. Os cientistas vasculharam a linha do tempo geológica para qualquer evidência de catástrofes que podem estar relacionados a uma inversão magnética e eles não encontraram nenhuma.

O único estrago que uma reversão pode causar é a interferência na rede elétrica global. No entanto, se o campo magnético enfraquecer o suficiente ou temporariamente desaparecer durante a mudança, então a Terra pode ser atingida com uma quantidades perigosas de radiação solar e dos raios cósmicos.

A exposição pode significar que mais pessoas desenvolvem câncer, embora não haja nenhuma prova científica de que isso possa acontecer. Mais pesquisas são necessárias para entender as possíveis conseqüências da mudança dos pólos magnéticos. [Livescience]
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário