O misterioso mecanismo de Antikythera é mais antigo do que se pensava

O misterioso mecanismo de Antikythera é mais antigo do que se pensava

Como se o mecanismo assustadoramente avançado de Antikythera não fosse surpreendente o suficiente, uma nova análise sugere que o dispositivo astronômico é mais velho do que se pensava.


O Mecanismo de Antikythera foi descoberto em um antigo naufrágio perto de Creta em 1901 - um local que ainda está produzindo notáveis tesouros arqueológicos.

O conjunto de engrenagens do semelhante a um relógio de bronze e telas foi provavelmente usado para prever com precisão eclipses lunares e solares, bem como as posições solares, lunares e planetárias.

Ele também acompanhou as datas dos Jogos Olímpicos. Não era programável, no sentido moderno, mas alguns referem-se a ele como o primeiro computador analógico. Qualquer que seja a sua finalidade, é realmente um objeto fora do tempo.

Arqueólogos e historiadores não estão inteiramente certos quando a máquina foi construída, ou por quem, embora o seu design possa ter sido influenciada pelos ensinamentos científicos de Arquimedes, Hiparco, ou Posidônio.

Mas, como relata o New York Times, uma nova análise do mostrador usado para prever eclipses (que está definido na parte de trás do dispositivo) está oferecendo algumas novas pistas importantes.

Christian C. Carman, um historiador de ciência da Universidade Nacional de Quilmes, na Argentina, e James Evans, físico da Universidade de Puget Sound, em Washington, sugerem que o calendário do dispositivo misterioso começou em 205 aC, apenas sete anos depois da morte de Arquimedes.

O mecanismo foi provavelmente colocado em uma caixa de madeira e seria operado por uma manivela. O aparelho em si carrega inscrições na frente e atrás. Na década de 1970, as gravuras foram estimadas datar de 87 aC. Mas, mais recentemente, os cientistas examinaram as formas das letras gregas nas inscrições datadas do mecanismo de 150-100 aC.

A descoberta apoia a ideia de que a estratégia de previsão de eclipse do mecanismo não foi baseada em trigonometria grega, que não existia na época, mas em métodos aritméticos babilônicos emprestados pelos gregos. [io9]
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário