Médicos esclarecem confusão sobre terapia hormonal na menopausa


http://www.ciencia-online.net/2013/03/medicos-esclarecem-confusao-sobre.html
A segurança de tomar hormonas para tratar os sintomas da menopausa tem sido questionada em anos recentes, mas a demonstração de um novo consenso de vários grupos médicos tem como objectivo resolver a confusão sobre a forma como o tratamento deve ser usado.

A Terapia de Reposição Hormonal (TRH) é o tratamento mais eficaz para os sintomas da menopausa, como as ondas de calor e os problemas de sono, mas a terapia tem riscos, por isso deve ser usada numa base caso a caso, segundo o comunicado.

Há cerca de uma década, um grande estudo descobriu que a TRH, que incluía estrogénio e progesterona aumentava o risco de cancro da mama em cerca de 25% nas mulheres na pós-menopausa. A descoberta foi tão dramática que os pesquisadores pararam o estudo inicial e os médicos mudaram a forma como prescreviam a TRH.

A nova declaração diz que, embora a terapia tenha riscos, os seus benefícios em geral superam o dano para mulheres com menos de 60 anos de idade, ou aquelas que estão na menopausa há menos de 10 anos. O aumento do risco de cancro da mama também parece desaparecer alguns anos após o tratamento ser interrompido, diz a declaração.

Na declaração, os médicos recomendam baixas doses de TRH para mulheres cujos sintomas da menopausa são limitados a secura genital e dor durante a relação. A TRH não é recomendada para mulheres que já tiveram cancro de mama, acrescenta o comunicado. De igual forma, se as mulheres decidem receber TRH, devem tomar a menor dose pelo menor período de tempo, e serem reavaliadas a cada seis meses para ver se ainda precisam do tratamento. 

As organizações envolvidas com a declaração são a Sociedade Internacional de Menopausa, a Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, a Federação de Menopausa da Ásia-Pacífico, a Sociedade de Endocrinologia, a Sociedade Europeia de Menopausa e Andropausa, a Fundação Internacional de Osteoporose e a Sociedade Norte-americana de Menopausa.
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário