Preguiçoso? Talvez a culpa seja dos seus genes

1

http://www.ciencia-online.net/2013/04/preguicoso-talvez-culpa-seja-dos-seus.html
Uma nova pesquisa pode ajudar a explicar porque alguns de nós têm dificuldade em sair do sofá. Experiências com ratos sugerem que pode haver uma predisposição genética para a preguiça.

Um grupo de cientistas colocou ratos em gaiolas com rodas de execução - uma sugestão subtil para que eles começassem a fazer exercício - e gravaram quanto tempo cada um gastou em funcionamento durante um período de seis dias. 

Em seguida, cruzaram os melhores 26 corredores entre si, e cruzaram também os 26 ratos mais preguiçosos entre si. Este processo de reprodução seletiva foi repetido durante 10 gerações, e os pesquisadores descobriram que os ratos na linha mais ativa eram 10 vezes mais propensos a correr do que os ratos na linha dos preguiçosos.

Para tentar explicar porquê, os pesquisadores compararam os níveis de mitocôndrias nas células musculares (que podem ser impulsionadas pelo exercício), as características físicas, e o perfil genético dos dois grupos. Os pesquisadores da Universidade do Missouri encontraram diferenças genéticas entre as duas linhas de ratos, tendo identificado especificamente 36 genes que podem desempenhar um papel importante na predisposição para a motivação e actividade física.

A equipa está agora a tentar identificar especificamente os genes que podem ter um papel na motivação para o exercício. E se a pesquisa provar ser relevantes para a biologia humana, poderá ajudar a identificar as causas para a obesidade, um problema crescente, especialmente entre as crianças. O estudo foi detalhado a 3 de abril no American Journal of Physiology: Regulatory, Integrative and Comparative Physiology.

Enviar um comentário

1Comentários
Enviar um comentário