Homem acorda a pensar que o cão lhe estava a lamber os dedos - para descobrir que dois já tinham desaparecido (com vídeo)

0
Homem acorda a pensar que o cão lhe estava a lamber os dedos - para descobrir que dois já tinham desaparecido (com vídeo)

Enquanto dormia em sua casa na noite passada, Roger Brown de Indiana (EUA) sonhou que o seu cão lhe estava a lamber os dedos dos pés. Quando Brown acordou às 4:30 da madrugada, descobriu que dois dos seus dedos estavam faltando, relata o Daily Mail.

Brown, que é diabético, teve uma infecção no pé e, portanto, não sentiu o seu dedão e o dedo mínimo a serem mastigadoa.

O filho de Brown postou no Facebook a 28 de maio que o seu pai estava no pronto-socorro devido a gangrena no seu pé. De acordo com Penny Eims, que escreve sobre notícias caninas para o Examiner.com, o pit bull tinha provavelmente cheirado a infecção e arrancou-lhe os dois dedos fora, num esforço para ajudar a livrar o dono da infecção.

Porque o cão é um animal de estimação da família, a polícia não está considerando o incidente como um ataque de cão. Eims escreve que este não é o primeiro incidente em que um cão tentou salvar o seu dono de uma infecção. Em 2010, Jerry Douthett de Rockford, Michigan, teve um de seus dedos do pé mordidos pelo seu Jack Russel Terrier, Kiko.



Douthett era diabético também, mas estava a manter a doença em segredo da sua família. Mas por manter a doença em segredo, e não regular o seu açúcar no sangue, uma infecção começou no seu pé. Uma noite, depois de beber um monte de margaritas ele desmaiou, apenas para ser acordado posteriormente cercado por uma poça de sangue e notando que Kiko tinha mastigado o dedo do pé.

Douthett foi levado às pressas para o hospital onde o resto do seu dedo foi amputado e os médicos colocaram-no num programa médico controlado. Esta foi uma chamada à realidade para Douthett, e ele dá todo o crédito a Kiko. "Se não fosse por aquele cão", disse Douthett, "Eu poderia ter acabado".

Enviar um comentário

0Comentários
Enviar um comentário (0)