Asteróides potentes atingem a Terra com frequência (com video)

Asteróides potentes atingem a Terra com frequência (com video)

Desde o início do século 21, dezenas de asteróides já bateram na Terra, alguns deles contendo muito mais energia do que uma bomba atómica que destrói cidades, ilustra um novo video.


O video foi lançado em homenagem ao Dia da Terra pela B612 Foundation - uma organização sem fins lucrativos, que caça asteróides fundada por um ex-astronautas da NASA - para destacar a frequência alarmante dessas colisões.

O vídeo é baseado em novos dados de uma rede de sensores ao redor do globo que está projetada para detectar detonações nucleares e é operado pela Organização do Tratado de Proibição de Testes Nucleares. [O que são um asteróide, um meteoro e um meteorito?]

Entre 2000 e 2013, estes instrumentos detectaram 26 explosões no planeta com potência entre 1 e 600 quilotoneladas (kton), todos causados ​​por impactos de asteróides, afirmou a B612 Foundation. Para efeito de comparação, a bomba nuclear que arrasou Hiroshima em 1945 libertou 15 kton.

Muitas dessas colisões de asteróides passam despercebidas porque explodem muito alto na atmosfera. Além do mais, esses impactos ocorrem frequentemente em partes remotas do oceano. Mas, por vezes, uma colisão poderosa ocorre sobre uma área densamente povoada.


Um ponto vermelho pulsando sobre Chelyabinsk, na Rússia, marca o local onde um impacto de meteoro de 600 kton ocorreu em fevereiro de 2013, prejudicando centenas de edifícios e ferindo mais de 1.000 pessoas. [Video: Meteorito cai na Rússia e provoca centenas de feridos]

A B612 Foundation está a tentar construir um telescópio espacial de infravermelhos com financiamento privado para encontrar asteróides perigosos quando eles ainda estão a milhões de quilómetros de distância. [E se a sua cidade fosse atingida por um meteoro? (com video)]

Esta missão do Telescópio Espacial sentinela poderia dar aos humanos anos para elaborar um plano para desvio das rochas espaciais assassinas, dizem funcionários da organização sem fins lucrativos. A organização está a apontar para um lançamento do telescópio em 2018. [Space]
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Dygnim boa noite.
    Vindo conferir este vídeo onde asteroides potentes atingem a terra com frequência.
    Realmente é de fazer medo a quantidade qual cai na terra, mas sabemos estes são até que suportáveis e por enquanto, devemos temer os que ainda estão marcado para vir a longo prazo e estes sim é que me mete medo. Um excelente final de semana e que Deus ilumine sempre seus caminhos. Abraços sempre.
    ClaraSol

    ResponderEliminar