Descoberto aglomerado de estrelas lançado da sua galáxia

0
Descoberto aglomerado de estrelas lançado da sua galáxia

Os astrónomos já haviam visto estrelas a hipervelocidade, mas esta é a primeira vez que eles observam um aglomerado de estrelas lançado da sua galáxia hospedeira.


Nomeado HVGC-1, o aglomerado está a viajar a uma taxa de 2 milhões de quilómetros por hora - e o seu destino final é a deriva através do vazio cósmico para sempre. [10 mistérios inexplicáveis com estrelas]

Esta é a primeira vez que um corpo celeste como este é observado. Os aglomerados globulares são relíquias do início do universo, agrupamentos que contêm milhares de estrelas amontoadas numa bola apertada de apenas algumas dezenas de anos-luz de diâmetro.

Os astrónomos documentaram cerca de 150 aglomerados globulares na Via Láctea - mas nunca viram nada que se parecesse com isto. A descoberta foi feita por Nelson Caldwell, do Centro Harvard-Smithsonian de Astrofísica e pela sua equipa, enquanto estudavam o espaço em torno da galáxia elíptica supergigante M87.

Os astrónomos utilizaram o instrumento Hectospec do telescópio MMT no Arizona para examinar a área em detalhe. Como se mencionou anteriormente, HVGC-1 está a viajar a uma velocidade tremenda. [Top 10 mistérios de estrelas]

Segundo Caldwell, uma possível razão para esta rápida ejeção pode ser devida ao fato de M87 ter um par de buracos negros supermassivos no seu núcleo. À medida que o aglomerado de estrelas ficou cada vez mais perto desses buracos negros, as estrelas exteriores foram arrancadas, enquanto o seu núcleo denso permaneceu intacto.

Então, agindo como uma fisga, o aglomerado foi arremessado para longe a grande velocidade. Suspeita-se ainda que o aglomerado acabe eventualmente por escapar dos limites gravitacionais de M87 e fique à deriva no espaço intergaláctico.

O artigo científico a relatar esta descoberta irá aparecer na próxima edição do The Astrophysical Journal Letters, mas pode já acedê-lo aqui. Informações complementares podem ser acedidas no Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics. [io9]
Temas

Enviar um comentário

0Comentários
Enviar um comentário (0)