Físicos descobrem evidência de que o Universo é um holograma

Físicos descobrem evidência de que o Universo é um holograma
Uma equipa de físicos forneceram o que foi descrito pela revista Nature como a mais clara evidência de que o nosso universo é um holograma.

A nova pesquisa pode ajudar a reconciliar um dos problemas mais duradouros da física moderna: a inconsistência aparente entre os diferentes modelos de universo, como explicado pela física quântica e pela teoria da gravidade de Einstein.

Os dois novos trabalhos científicos são o culminar de anos de trabalho liderado por Yoshifumi Hyakutake, da Universidade de Ibaraki, no Japão, e lidou com cálculos hipotéticos das energias de buracos negros em diferentes universos.

A ideia do universo que existente como um holograma não se refere a uma ilusão do género Matrix mas a teoriza que as três dimensões que percebemos são na verdade "pintadas" sobre o horizonte cosmológico - a fronteira do universo conhecido.

Se isso soa paradoxal, tente imaginar uma imagem holográfica que muda conforme você se move. Embora a imagem seja bidimensional, observá-la de diferentes locais cria a ilusão de que é em 3D.

Este modelo do universo ajuda a explicar algumas inconsistências entre a relatividade geral (a teoria de Einstein) e a física quântica.

Embora o trabalho de Einstein sustente grande parte da física moderna, em certos extremos (como no meio de um buraco negro) os princípios que ele esboçou quebram e as leis da física quântica tomam o seu lugar.

O método tradicional de conciliar esses dois modelos veio do trabalho do físico teórico Juan Maldacena, cujas ideias foram construídas sobre a teoria das cordas. Esta é uma das "teorias do tudo" mais respeitadas e Stephen Hawking é um fã.

A teoria das cordas postula que os objetos de vibração unidimensionais conhecidos como "cordas" são as partículas elementares do Universo. Maldacena saudou a nova pesquisa feita por Hyakutake e sua equipa.

Mardacena disse à revista Nature que os resultados são "uma forma interessante de testar muitas ideias na gravidade quântica e na teoria das cordas".

Leonard Susskind, um físico teórico considerado como um dos pais da teoria das cordas, acrescentou que o trabalho da equipe japonesa se for numericamente confirmado, provará algo que os cientistas já tinham quase a certeza de ser verdade, mas ainda era uma teoria. [Themindunleashed]
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

8 comentários:

  1. Bem,isso vai depender do fluxo extra bidimensional do hexagrama invertido,talvez se nos voltarmos a teoria do respeitado Dr. Lincoln Osíris poderemos ver com mais clareza que na verdade houve salto atemporal nas partículas do emanador de taquions,mesmo assim não deixa de ser uma boa teoria.

    ResponderEliminar
  2. Concordo parcialmente meu caro, pq a medida que o salto atemporal como advento da divisão quântica exponencia o número de tráquions emitidos. Isso pode até ser uma boa teoria, que até completa a de Einstein, mas só funciona se houver um fluxo tridimensional linear exposto num plano cartesiano hexagramal. De outra forma ainda estaremos pisando em solo desconhecido.

    ResponderEliminar
  3. Vão dar o Cu, seus viados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. como da um like nesse ultimo aqui?

      Eliminar
  4. uahuahuahauhuahu

    ResponderEliminar
  5. Paulo Amendoim11/06/14, 21:25

    Quer dizer que a minha grana além de curta é um holograma?

    ResponderEliminar