Motor que quebra as leis da física funciona, afirma a NASA

Motor que quebra as leis da física funciona, afirma a NASA
Investigadores da NASA confirmaram que uma tecnologia de propulsão espacial impossível, que vai contra as leis da física, realmente funciona.

O que há de tão estranho sobre este novo tipo de motor?

A tecnologia não requer nenhum propelente para gerar impulso, o que significa que vai contra os princípios da mecânica clássica, que são um conjunto de leis físicas para descrever como o movimento dos objetos deve ser influenciada por forças particulares.

Mas, agora, duas equipas independentes provaram que este motor impossível realmente funciona, e se eles estiverem certos, a tecnologia pode tornar o futuro do voo espacial mais barato, mais rápido e mais eficiente.

Inventado por um pesquisador britânico chamado Roger Shawyer no início de 2000, o chamado "EmDrive" produz impulso usando a energia solar para gerar várias microondas que são movidas para a frente e para trás numa câmara fechada.

Isso significa que, a menos que algo no hardware falhe ou se desgaste, o motor poderá continuar a funcionar para sempre. "Obviamente, a coisa toda parecia absurdo para todos", diz Jesus Diaz no SPLOID.

"Em teoria, essa coisa não deve trabalhar e as pessoas riram e ignoraram. Exceto um grupo de cientistas chineses, que construiu uma em 2009 e funcionou: eles produziram 720 milinewton, que é o suficiente para construir um propulsor de satélite. E ainda assim, ninguém acreditava".

Em seguida, o inventor americano Guido Fetta decidiu construir a sua própria versão do EmDrive, que ele chamou de Canas Drive. No final de 2013 ele foi capaz de convencer uma equipa de cientistas da NASA liderados Harold "Sonny" White para experimentá-lo.

De acordo com Mike Wall no Space.com, a equipe da NASA descobriu que a unidade de Fettas podia produzir entre 30 e 50 micronewtons, que era menos do que 0,1 por cento do que os pesquisadores chineses foram capazes de obter a partir de seu motor.

Mas o principal achado foi que eles conseguiram provado que essa tecnologia realmente funciona. O fato de que a tecnologia já foi comprovada pelo trabalho de duas equipes independentes é muito promissor, e os pesquisadores da NASA estão agora a pensar em validar os seus resultados.

Eles também precisam descobrir exatamente como a tecnologia funciona, porque nesta fase ainda não têm certeza.

No entanto, sugeriram que poderia ter algo a ver com a tecnologia de manipulação de partículas subatómicas que constantemente entram e saem da existência no espaço vazio, afirma David Hambling na Wired UK.

"Os planos futuros incluem teste de verificação independente e validação noutras instalações de teste", escreveram os pesquisadores da NASA no seu relatório. [Sciencealert]
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. A verdade é que muitas coisas existem e que não autorizadas a serem colocadas em prática.
    Vejamos duas. MOTOR A ÁGUA E Cura do cancer. (somente um vírus)

    ResponderEliminar