Adolf Hitler era consumidor regular de metanfetaminas

Adolf Hitler era consumidor regular de metanfetaminas

Durante a Segunda Guerra Mundial, Adolf Hitler consumia regularmente metanfetamina para tratar uma variedade de doenças, afirma um novo relatório.


Os ditadores notórios podem não ser as pessoas que normalmente associamos à metanfetamina, mas de acordo com um novo relatório, Adolf Hitler consumia regularmente metanfetaminas durante a Segunda Guerra Mundial.

No ano passado, cartas escritas por Heinrich Böll - que foi convocado para Wehrmacht durante a Segunda Guerra Mundial e mais tarde ganhou o Prêmio Nobel de literatura - confirmaram que alguns soldados nazistas tomaram Pervitin, para ficarem mais alerta.

A droga foi vendida pelo fabricante de medicamentos com sede em Berlim, Temmler Werke, em 1938, e os jornais britânicos da época relataram que muitos soldados estavam tomando esta "droga milagrosa".

O The Independent relatou que um dossier compilado em tempo de guerra pela inteligência militar americana revela que Hitler também aproveitou esta droga milagrosa. Supostamente, o processo lista 74 medicamentos diferentes que Hitler tomou.

Adolf Hitler era consumidor regular de metanfetaminas


Entre esses medicamentos estavam injeções de Vitamultin, que contém metanfetamina, além do já mencionado Pervitin. O processo alega ainda que Hitler tomou metanfetamina antes da sua reunião final com Benito Mussolini em julho de 1943.

Ele pinta Hitler como uma pessoa que se tornou cada vez mais dependente de drogas, principalmente a metanfetamina. No entanto, há uma ruga neste relatório. O The Independent não cita o próprio dossier, mas sim Bill Panagopoulos, um colecionador americano que descobriu o dossiê. [io9]
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário