Kailash Satyarthi e Malala ganham Nobel da Paz pelos direitos das crianças

0
Kailash Satyarthi e Malala ganham Nobel da Paz pelos direitos das crianças
Malala, a adolescente paquistanesa tornou-se hoje na mais nova vencedora do Prêmio da Paz da história. [Lista: Prémio Nobel da Paz]

Kailash Satyarthi e a adolescente de 17 anos Malala Yousafzay ganharam o Prêmio Nobel da Paz deste ano pela sua luta contra a supressão de crianças e jovens e pelo direito de todas as crianças à educação.

O Comitê Nobel norueguês anunciou a decisão numa conferência de imprensa hoje em Estocolmo, na Suécia. Satyarthi, um índio, e Malala, do Paquistão, irão partilhar um prêmio de 8 milhões de coroas suecas (US$ 1,1 milhão).

"O Comitê Nobel considera um ponto importante para um hindu e um muçulmano, um indiano e um paquistanês, participarem de uma luta comum para a educação e contrária ao extremismo", disse a organização em comunicado. 

O Comitê Nobel norueguês recebeu 278 candidaturas para o Prémio da Paz deste ano, um número recorde. Malala foi amplamente apontada como uma das favoritas a vencer no ano passado, antes da Comissão conceder a honra à Organização para a Proibição de Armas Químicas.

A adolescente ganhou atenção internacional em 2012, quando foi baleada na cabeça por talibãs devido a apoiar os direitos das meninas à educação. O ataque deixou Malala a lutar pela vida, mas ela sobreviveu e tornou-se uma defensora global da educação das mulheres.



Satyarthi, de 60 anos, passou décadas a fazer campanha pelos direitos das crianças e contra o tráfico de pessoas e trabalho infantil. Desde a sua fundação em 1989, a sua organização, Bachpan Bachao Andolan, tem-se centrado na educação e proteção a crianças desfavorecidas. [The Verge]

Temas

Enviar um comentário

0Comentários
Enviar um comentário (0)