As seis extinções mais incríveis de sempre (com video)

As seis extinções mais incríveis de sempre (com video)

Mais de 99 por cento de todas as espécies animais que já viveram estão extintas. Conheça as seis extinções mais incríveis de todos os tempos.



Quando você pensa sobre a incrível diversidade da vida na Terra - cada pássaro, abelha, aranha, peixe, mosca, etc. - e considera que tudo isso corresponde a apenas 1 por cento do que já viveu e respirou no planeta desde os seus primórdios, é bastante incompreensível. Então, onde fez tudo desaparecer?

O último episódio de AsapSCIENCE leva-nos através dos maiores eventos de extinção da história da Terra, começando com um evento cataclísmico que ocorreu há 440 milhões de anos atrás e eliminou muitos dos nossos antepassados ​​que habitavam o mar.

"Como a recém-criada rocha vulcânica foi desgastada pela água e pelo vento, ela reagiu com dióxido de carbono e absorveu o gás", diz Mitch no vídeo. "Como resultado, os níveis de dióxido de carbono caíram, as temperaturas caíram, e a água ficou congelada".

Grandes mudanças como esta têm igualmente enormes efeitos, e, neste caso, o nível dos oceanos caíu drasticamente, e os mares rasos foram drenados e secos, sendo que 86 por cento das espécies vivas na época foram aniquilados. Tudo por causa de um pouco de rocha a reagir com o ar.

Felizmente, nos milhões de anos seguintes a este evento, os oceanos começaram gradualmente a encher-se com vida marinha e as plantas germinadas também apareceram, dando origem aos primeiros insetos. Então, quem é que vamos culpar para o próximo evento de extinção em massa?

São sempre os caras que você menos espera, e com isso quero dizer aquelas plantas recém-formadas. Há 374 milhões de anos atrás, as plantas absorveram tanto dióxido de carbono que foram responsáveis por um novo arrefecimento global, afirma a AsapSCIENCE.

E, para piorar a situação, os nutrientes escoaram para fora do solo para os oceanos, alimentando novas e enormes populações de algas, que sugaram uma grande quantidade de oxigênio da atmosfera,. O resultado? Você adivinhou - asfixia em massa. Mas as espécies que sobreviveram dariam origem às espécies modernas que vemos hoje, por isso não foi uma perda total.

Assista ao último episódio de AsapSCIENCE abaixo para ouvir mais sobre os eventos mais grandiosos de extinção em massa da história da Terra. De facto, o vídeo faz você apreciar cada pássaro, abelha, aranha, e rato que conseguiu sobreviver para chegar até aos nossos dias. [Sciencealert]

PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Publicar um comentário