Pacientes com TOC inquietam-se mais com dilemas morais


http://www.ciencia-online.net/2012/11/pacientes-com-toc-inquietam-se-mais-com.html
Imagine-se num tempo de guerra. Você está encolhido num porão com o seu vilarejo inteiro, escondendo-se dos soldados inimigos armados lá fora. Um bebé começa a chorar, ameaçando expor o esconderijo. Você cobre a boca da criança com força e arrisca sufocá-la para salvar os outros?

Quando somos confrontados com escolhas difíceis como esta, certas partes do nosso cérebro acendem-se, ajudando-nos a navegar pelas situações moralmente pegajosas. Uma nova pesquisa descobriu que essas regiões do cérebro são mais ativas em indivíduos com transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), o que sugere que eles tendem a ficar mais angustiados por dilemas morais do que as pessoas sem a condição.

"Diante de um problema deste tipo, as pessoas que sofrem deste tipo de transtorno de ansiedade mostra que se preocupam muito mais", disse o pesquisador Carles Soriano, do Hospital de Bellvitge, em Barcelona, ​​à agência de notícias espanhola SINC. Soriano e a sua equipa estudaram 73 pacientes com TOC e 73 indivíduos de controlo, medindo a sua atividade cerebral com uma máquina de fMRI enquanto eles eram confrontados com decisões, como o dilema clássico do bebé a chorar.

Comparado com o grupo controle, os pacientes com TOC tinham maior grau de ativação no córtex órbito-frontal, uma região associada à tomada de decisão e para o desenvolvimento do sentimento moral, segundo os pesquisadores. Os pacientes com TOC não têm as mesmas respostas ao fazer escolhas mais triviais, como escolher entre ir para o campo ou para a praia no fim de semana, disseram os pesquisadores.

"Os dados permitem, pela primeira vez, objetivar a existência de disfunções cerebrais relacionadas à alteração de cognições complexas, como experimentar moralidade", disse Soriano. "Isso permite-nos expandir ainda mais a caracterização dos mecanismos cerebrais alterados no TOC". O TOC afeta pelo menos 1% da população e é caracterizado por comportamentos repetitivos que visam reduzir a ansiedade.

Enquanto a maioria dos casos envolve compulsões para limpar e executar outros rituais ou rotinas, outras formas da doença são marcadas por culpa sexual ou religiosidade patológica, sugerindo que os pacientes com TOC podem ser propensos a hipersensibilidade moral. O novo estudo aparece na revista Archives of General Psychiatry.


PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

3 comentários:

  1. Your article reflects the issue people are concerned about. The article provides timely information that reflects multi-dimensional views from multiple perspectives. I look forward to reading quality articles that contain timely information from you.

    ResponderEliminar
  2. Through your pen I found the problem up interesting! I hope you continue to have such quality articles to share with everyone! I believe a lot of people will be surprised to read this article! Thanks for your post!
    io games

    ResponderEliminar
  3. Those who come to read your article will find lots of helpful and informative tips
    AVRiQ
    AVRiQ – Desktop/Laptop Repair
    AVRiQ – Network Security

    ResponderEliminar