Pequeninos mamíferos antigos desenterrados no Japão

0

http://www.ciencia-online.net/2013/03/pequeninos-mamiferos-antigos.html
Paleontólogos no Japão descobriram a mandíbula de um mamífero primitivo do início do período Cretáceo.

A criatura, chamada Sasayamamylos kawaii tem cerca de 112 milhões de anos e pertence a um antigo clado conhecido como mamíferos eutherian, que deram origem a todos os mamíferos placentários. (Um clado é um grupo de animais que partilham características exclusivamente evoluídas e, portanto, de ascendência comum).

A mandíbula mostra dentes afiados e molares numa proporção semelhante à encontrada em mamíferos modernos, disse o paleontólogo Brian Davis da Missouri Southern State University, que não esteve envolvido no estudo. 

O fóssil do novo mamífero foi descrito no dia 26 de março na revista Proceedings of the Royal Society B, onde é sugerido também que essas criaturas primitivas já estavam a evoluir rapidamente, com características diversas emergente, neste ponto do período Cretáceo. Entre 145 milhões e 66 milhões de anos atrás, a maioria dos mamíferos eram criaturas minúsculas que corriam sob os pés dos dinossauros gigantes que viviam na Terra. 

Cientistas recentemente propuseram que o primeiro mamífero, a mãe de todos os mamíferos placentários, viveu há cerca de 65 milhões de anos, quando os dinossauros foram extintos. Os primeiros mamíferos verdadeiros provavelmente surgiram pelo menos 100 milhões de anos antes disso.

Mas porque o registo fóssil é irregular, determinar exatamente quando os mamíferos evoluíram as suas características específicas tem sido mais sombrio. Caçadores de fósseis estavam a procurar através de sedimentos em Hyogo, Japão, em 2007, quando descobriram os fragmentos de esqueleto de uma mandíbula de mamífero antigo.

A mandíbula continha quatro dentes afiados e pontiagudos, conhecidos como pré-molares e molares com três cumes complexos. Esse mesmo padrão no número de cada tipo de dente é encontrado em mamíferos placentários atualmente, enquanto os primeiros mamíferos tinham dentes mais afiados e pontiagudos.

Este tipo de dentição permitiu aos investigadores distinguirem o fóssil das restantes classes de animais, nomeadamente dos répteis, considerando-o dessa forma como um mamífero placentário primordial.

Enviar um comentário

0Comentários
Enviar um comentário (0)