Descoberta toda a composição química da urina

Descoberta toda a composição química da urina


À procura de uma enciclopédia de fazer xixi? Os cientistas descobriram toda a composição química da urina humana, que revela que mais de 3.000 compostos são encontrados no fluido, e publicaram tudo numa base de dados online.

No estudo, que levou sete anos a ser concluído, os pesquisadores descobriram que, pelo menos, 3079 compostos podem ser detectados na urina. Setenta e dois destes compostos são feitos por bactérias, enquanto 1.453 vêm do próprio corpo. 

Outro 2282 vêm da dieta, medicamentos, cosméticos ou exposição ambiental (alguns compostos pertencem a mais de um grupo). 

"A urina é um biofluído incrivelmente complexo. Nós não tínhamos ideia que poderia haver tantos compostos diferentes que entram nas nossas casas de banho", disse o pesquisador David Wishart, professor de biologia e ciência da computação da Universidade de Alberta, EUA. [Conheça o significado da cor da urina]

A lista completa de todos os metabolitos que podem ser detectadas na urina humana, utilizando as tecnologias atuais foi colocada num banco de dados público online chamado Urine Metaboloma Database. A palavra metaboloma refere-se à coleção completa de metabólitos, que são os produtos do metabolismo e incluem hormonas, vitaminas e outras moléculas.

"A urina tem sido um biofluído 'favorecido' entre os pesquisadores metabolômicos, porque é estéril e pode ser obtido facilmente em grandes volumes", escreveram os cientistas no seu estudo publicado hoje (4 de setembro) na revista PLoS ONE.

No entanto, a complexidade química da urina tornou-a uma substância difícil de compreender, disseram os pesquisadores. Como os resíduos biológicos, a urina normalmente contém produtos de degradação metabólica de uma ampla gama de alimentos, bebidas, medicamentos, contaminantes ambientais, metabólitos de resíduos do corpo e subprodutos bacterianos.

Em comparação com outros fluidos corporais, tais como a saliva ou fluido cerebroespinhal, a urina contém cerca de cinco a 10 vezes mais compostos, e mostra uma maior diversidade química, descobriram os investigadores. Os compostos encontrados na urina humana caem em 230 diferentes classes químicas.

"Tendo em conta que existem apenas 356 classes de produtos químicos em todo o metaboloma humano, isso certamente demonstra a enorme diversidade química encontrada na urina", disseram os pesquisadores. Os investigadores também descobriram que mais de 480 compostos na urina não foram previamente relatados a estar no sangue, ao contrário da ideia de longa data de que a colecção de produtos químicos na urina é um subconjunto de compostos encontrados no sangue.

"O fato de que tantos compostos parecem ser exclusivos à urina provavelmente tem a ver com o fato de que os rins fazem um trabalho extraordinário de concentração de certos metabólitos do sangue", disseram os pesquisadores.

Para encontrar os produtos químicos na urina, os investigadores utilizaram uma variedade de técnicas, incluindo espectroscopia de ressonância magnética nuclear, cromatografia em fase gasosa, espectrometria de massa e cromatografia líquida. Eles analisaram amostras de urina de 22 pessoas saudáveis​​, e reviram mais de 100 anos de literatura científica sobre a urina humana para complementar as suas conclusões.

A composição química da urina pode ser de interesse para médicos, nutricionistas e cientistas ambientais, porque revela condições médicas, bem como informações sobre o que uma pessoa tenha consumido, e quais produtos químicos a que ele ou ela foi exposto(a) no ambiente.

O banco de dados de composição química de urina vai continuar a crescer à medida que novas técnicas e instrumentos sejam desenvolvidos para identificar compostos adicionais, disseram os cientistas. "Isto certamente não é a palavra final sobre a composição química da urina", afirmou Wishart.
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário