Diabetes tipo 2: Sintomas, causas e tratamento

1
A diabetes é uma doença caracterizada por um elevado nível de açúcar no sangue (glicose), e a diabetes Tipo 2 é a forma mais comum.

A diabetes tipo 2 é uma doença crónica e, se não for tratada, pode causar sérias complicações de saúde [O que é a diabetes?].

Causas

Uma hormona chamada insulina ajuda a levar o açúcar para dentro das células, que pode então ser utilizado para produzir energia. Quando as células do corpo não respondem adequadamente à insulina, o açúcar acumula-se na corrente sanguínea, levando à diabetes tipo 2.

A causa exata do porquê do corpo não responder à insulina, um fenómeno chamado de resistência à insulina, não é conhecida, mas fatores de risco incluem o excesso de peso e a inatividade, além de uma idade superior a 45 anos. 

Pensa-se que o aumento da gordura corporal faz com que seja mais difícil ao organismo utilizar a insulina. Em contraste com a diabetes tipo 2, a diabetes tipo 1 ocorre quando o pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina. [90% das pessoas com pré-diabetes não sabem que têm a doença]

Sintomas

Os primeiros sintomas da diabetes tipo 2 incluem um aumento da sede e da micção, fome e cansaço, além do aparecimento mais frequente e da lentificação de cura de infeções, tais como infecções da bexiga, rins e pele. Algumas pessoas com a condição não apresentam sintomas durante muitos anos.

Depois de muitos anos, a diabetes tipo 2 pode levar a problemas graves de saúde, incluindo problemas oculares e cegueira, danos nos nervos que causam dor, formigueiro e dormência, danos nos rins e má circulação sanguínea nas pernas e nos pés.

Tratamento

O foco inicial do tratamento da diabetes é reduzir os níveis de açúcar no sangue. As pessoas com diabetes tipo 2 devem consultar o seu médico para verificar os seus níveis de açúcar no sangue, usando um aparelho chamado medidor de glicose. 

Manter o controle dos níveis de glicose permite saber as mudanças que precisam de ser feitas na dieta dos pacientes, na sua atividade ou até nos seus medicamentos. De igual forma, é importante para as pessoas com diabetes tipo 2 controlarem o peso e terem uma dieta bem equilibrada. 

Nesse sentido, os pacientes devem concentrar-se em comer mais frutas, legumes e cereais integrais, e menos carboidratos refinados e doces. A atividade física também é importante, e as pessoas com diabetes tipo 2 devem procurar fazer exercício físico por pelo menos 30 minutos ao dia. 

Enquanto algumas pessoas podem controlar a diabetes tipo 2 com dieta e exercício, outras podem precisar de tomar medicamentos, tais como a metformina. Algumas pessoas com diabetes tipo 2 podem até mesmo precisar de injeções de insulina.

A perda de peso cirúrgica ou a cirurgia bariátrica, também são uma opção para pacientes muito obesos, que têm dificuldade em controlar a sua diabetes com a dieta, exercícios e medicamentos. A diabetes tipo 2 tem sido vista tradicionalmente como uma doença progressiva que é administrada em vez de curada. 

De facto, apenas porque um paciente pode parar de tomar medicamentos para diabetes não significa que a sua diabetes esteja curada. No entanto, estudos recentes sugeriram que, em alguns casos, a diabetes Tipo 2 pode ser invertida com a cirurgia de perda de peso, ou seguindo uma dieta extrema que imita a cirurgia.

E alguns pacientes podem ser capazes de retornar aos seus níveis de açúcar no sangue normais, seguindo um programa de dieta e exercício, embora isso seja muito raro. Num estudo de 2012, com 4.500 pessoas com diabetes do Tipo 2, apenas 1.3% foram capazes de alcançar os níveis normais de açúcar no sangue com dieta e exercício.
Temas

Enviar um comentário

1Comentários
  1. Kuchi Jewels is a project of Gem & Gems which is a leading exporter since 2005 to onwards in all over the world. Our company has experienced, educated and motivated staff. Our main goal is to meet the international standard B2C and B2B export target with competitive prices and high quality products.

    ResponderEliminar
Enviar um comentário