Conheça o maior pássaro que já voou

1
Conheça o maior pássaro que já voou
Pelagornis sandersi é um pássaro gigante extinto que viveu há cerca de 25 a 28 milhões de anos.

Com uma envergadura estimada de 6,4 metros, a enorme criatura semelhante a um albatroz é hoje considerada a maior ave que já voou.

A ave gigante, com duas vezes o tamanho do albatroz-real (a maior ave voadora atualmente), e maior do que o recorde anterior (o longo extinto Argentavis magnificens), era um planador extremamente eficiente.

Ele apresentava asas longas e delgadas que o ajudavam a permanecer no ar, apesar do seu enorme tamanho. Os restos bem preservados deste espécime particular foram descobertos perto de Charleston, na Carolina do Sul, EUA.

A matemática mostra que P. sandersi foi capaz de voar. Os seus ossos ocos e finos, pernas atarracadas e asas gigantes teriam feito um planador proficiente, mas um animal terrestre estranho.

Conheça o maior pássaro que já voou


Modelos matemáticos sugerem que a criatura atingiu o tamanho máximo possível para corpo de pássaros voadores. Menos claro, porém, é a forma como o animal realmente conseguia descolar do solo.

Para descobrir isso, Dan Ksepka do Centro Nacional de Síntese Evolutiva, em Durham, Carolina do Norte, fez algumas simulações. Acontece que P. sandersi era grande demais para apenas bater as suas asas e lançar-se para o ar.

Em vez disso, ele pode ter saído do chão por correndo ladeira abaixo com vento contrário, ou aproveitando as rajadas de ar para chegar ao alto, semelhante a uma asa-delta. Então, uma vez no ar, longas as delgadas asas do pássaro convertiam-no num planador eficiente.

Ele provavelmente andava ao longo das correntes de ar que se levantavam a partir da superfície da Terra, subindo por quilómetros sobre o oceano aberto, sem ter que bater as suas asas enormes. Quando estivesse com fome, voava para a água para se alimentar de presas de corpo mole, como lulas e enguias. [io9]
Temas

Enviar um comentário

1Comentários
Enviar um comentário