Depressão destrói partes do cérebro, afirma estudo

Depressão destrói partes do cérebro

A depressão persistente é causadora de danos cerebrais ao invés de ser um fator predisponente para isso, concluíram pesquisadores após décadas de hipóteses não confirmadas.



Um estudo publicado hoje na revista Molecular Psychiatry provou de uma vez por todas que a depressão recorrente encolhe o hipocampo - uma região do cérebro responsável pela formação de novas memórias - levando a uma perda da função emocional e comportamental.

O encolhimento do hipocampo tem sido associado à depressão, mas estudos anteriores não foram conclusivos. Amostras de pequenas dimensões, variando os tipos de níveis de depressão e de tratamento, assim como a variação nos métodos de recolha e interpretação dos resultados, em conjunto conduziram a resultados inconsistentes e muitas vezes conflitantes.

Agora, através de uma análise global e transversal de imagens cerebrais de 9.000 pessoas, os cientistas foram capazes de conclusivamente associar os danos cerebrais à depressão. O encolhimento do hipocampo surge naqueles em que a depressão começa cedo (antes da idade de 21), assim como em pessoas que têm episódios recorrentes de depressão.

Os pesquisadores notaram que era essa persistência que produzia o dano. De facto, aqueles que têm apenas um episódio de depressão não têm um hipocampo menor, por isso o tamanho do hipocampo não é um fator predisponente, mas uma conseqüência do estado da doença. Isso coloca a ênfase na identificação precoce dos casos persistentes ou recorrentes mais graves.

É importante ressaltar que, em sistemas de identificação precoces, os cientistas devem dar atenção áqueles em que a depressão persiste ou é recorrente, porque eles são os únicos que vão ser mais prejudicados do ponto de vista do dano cérebro.

Os pesquisadores utilizaram dados de scans de ressonância magnética (MRI) do cérebro e dados clínicos de 1.728 pessoas com depressão major e 7.199 indivíduos saudáveis, combinando 15 conjuntos de dados da Europa, EUA e Austrália. As amostras foram obtidas a partir da base de dados de grupo Enigma - um consórcio internacional que investiga perturbações psiquiátricas.

Este estudo confirma - numa amostra muito grande - uma descoberta que tem sido relatado em algumas ocasiões. É interessante que nenhuma das outras áreas subcorticais do cérebro sofram um efeito tão nefasto de forma tão consistente. Por esse movito, também se confirma que o hipocampo é particularmente vulnerável à depressão.

O hipocampo faz parte do sistema límbico do cérebro, ou do que é conhecido como o seu centro emocional. O sistema também contém a amígdala, uma outra parte do cérebro que parece também ser afectada pela depressão, mas em menor escala. O hipocampo desempenha um papel importante na consolidação e formação de novas memórias.

Ainda assim, e apesar dos resultados do estudo serem importantes, eles não são susceptíveis de afectar imediatamente o tratamento clínico dos pacientes com depressão. Tal não acontecerá do dia para a noite, mas a investigação não deixa de ter implicações para o desenvolvimento de melhores tratamentos para a depressão.

Assim, os investigadores devem no futuro medir os volumes das regiões individuais dentro do hipocampo, que são responsáveis ​​por diferentes funções cognitivas. Ter uma melhor compreensão de como são as diferenças de volume regionais proporcionará uma maior capacidade para tirar conclusões que visem o tratamento.

Os cientistas esperam agora confirmar os danos do hipocampo na depressão através de estudos empíricos dirigidos precisamente a verificar esse facto. É importante notar, contudo, que os efeitos da depressão sobre o cérebro são reversíveis com o tratamento certo para o indivíduo, até porque o hipocampo é uma das áreas mais importantes de regeneração do cérebro, concluem os pesquisadores.
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

25 comentários:

  1. Divulguei para pessoas que conheço e sofrem pela doença depressiva. Para tudo há solução, menos para a morte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade eu tenho a depressão e é muito ruim 👎

      Eliminar
  2. Uma descoberta que possibilita que os psiquiatras e os pacientes, possam adotar medidas para diminuir os efeitos cerebrais, causados pela depressão. Tendo em vista, que a tristeza um de seus sintomas mais amargos, o desejo de sumir, morrer demonstram que afetam amargamente as emoções.

    ResponderEliminar
  3. Uma descoberta que possibilita que os psiquiatras e os pacientes, possam adotar medidas para diminuir os efeitos cerebrais, causados pela depressão. Tendo em vista, que a tristeza um de seus sintomas mais amargos, o desejo de sumir, morrer demonstram que afetam amargamente as emoções.

    ResponderEliminar
  4. O difícil é encontrar um médico que invista no paciente,acreditando e enfrentando junto o desafio das recaídas, esclarecendo, investigando e acima de tudo acreditando na possibilidade de melhoras significativas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com você. Os psiquiatras fazem um péssimo atendimento. Tenho depressão a 10 anos e já passei por 4 médicos. Nenhum deles me deram um suporte, só sabem receitar remédio.

      Eliminar
    2. António procure antes um neurologista....conheço um excelente q p alguém d ser médico 'e amigo

      Eliminar
    3. Boa noite.
      Pode por favor enviar-me esse contacto?
      Preciso de ajuda, sofro de depressão crónica desde miúdo e hoje com quase 40 anos não aguento mais viver assim. Preciso de mudar, estou a perder tudo o que tenho até à minha família. Desculpe o desabafo. Muito obrigado. Hugo Sousa email: subsompt@hotmail.com

      Eliminar
    4. Boa noite.
      Pode por favor enviar-me esse contacto?
      Preciso de ajuda, sofro de depressão crónica desde miúdo e hoje com quase 40 anos não aguento mais viver assim. Preciso de mudar, estou a perder tudo o que tenho até à minha família. Desculpe o desabafo. Muito obrigado. Hugo Sousa email: subsompt@hotmail.com

      Eliminar
    5. António sou Psicóloga e terei todo o gosto em ajudar. Envio-lhe o meu email sandra_reis79@hotmail.com

      Eliminar
  5. Alguns estudos relacionados com a prática de meditação tem demonstrado considerável aumento na região do Hipocampo. A mesma afetada pela depressão, como indica o estudo.
    http://raisdata.com/blog/8-semanas-de-meditacao-podem-mudar-seu-cerebro/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade e também recomendo estas técnicas de relaxamento. Eu indico-as aos meus pacientes e o feedback é muito positivo

      Eliminar
  6. Eu também já fui vítima da ddepressão E sei quanto é difícil, mas quero ser testemunha de que é possível sair dela. No meu caso, além do tratamento psiquiátrico por mais de um ano, foi fundamental fazer psicoterapia e recomendo muito. A linha teórica mais indicada nestes casos é a terapia cognitiva comportamental, porque nos ajuda a mudar a forma de pensar e de perceber os acontecimentos. Eu até fiz especialização em TCC depois, pq como sou psicóloga,resolvi abraçar esta causa ajudar outras pessoas, que como eu sofri, sofrem com esta terrível doença. Não desistam de vocês, tem cura e tem como deixar este pesado fardo e voltar a ver a vida com cores novamente.

    ResponderEliminar
  7. António a Psicoterapia é uma verdadeira aliada contra a depressão. Por vezes é importante perceber a causa da depressão para a intervenção seguir na direcção certa. Sugiro isto porque sou Psicóloga. concordo com a colega que sugere a terapia. Sou Psicóloga e dou consultas online. Se quiser poderá enviar email para Sandra_reis79@hotmail.com

    ResponderEliminar
  8. Minha irma sofreu Depressão e quase fico doida, realmente afeta e muito a vida de qualquer pessoa, mais DEUS teve misericórdia da vida dela e hoje ela ta melhor.

    ResponderEliminar
  9. Tenho 26 anos, faz 1 ano que li anteriormente este artigo. Comecei com depressão com 19 anos (2009), já fiz internamento em 2010,em Novembro de 2015 mudei de público para privado devido ao distanciamento das consultas e do acompanhamento. Hoje estou na pior das minhas fases,angustia, dor no peito, choro consecutivo,vontade gritar,auto-mutilação,perdi 7kg no último mês, está sempre a reduzir, não tenho amigos, sinto-me sozinha, causa-me tanta dor sofrer em silêncio, mas também causa dor ver a dor que este monstro faz a quem me ama. Tenho a vida no 0 neste momento. Por isso com todas as forças vou fazer um tratamento numa clínica de renome nacional. Para mim é a última tentativa. Estou farta que este suposto eu que esta doença encobre continue a afastar as pessoas de mim e do meu verdadeiro eu.

    ResponderEliminar
  10. I really enjoyed reading. Thanks for sharing.

    ResponderEliminar
  11. Thank you for sharing such a informative post with us, it will beneficial for everyone, It is
    one of the best sites that I have visited. I am looking forward to read more blogs post from
    here.
    Bandar Togel
    Agen Togel
    Togel Online
    Bandar Online
    Bandar Agen Togel Online Aman Terpercaya

    ResponderEliminar