Sistema solar pode ter um novo planeta gigante


Sistema solar pode ter um novo planeta gigante
Cientistas da Caltech afirmam que o nosso sistema solar pode ter um novo planeta gigante com 10 vezes mais massa do que a Terra.


Konstantin Batygin e Mike Brown, pesquisadores na Caltech, afirmam que o novo planeta tem cerca de 10 vezes mais massa que a Terra e contém uma atmosfera composta maioritariamente por hidrogénio e hélio.

A revista Science acrescentou que este novo e misterioso “Planeta X” tem uma órbita distante, muito além da órbita de Neptuno.

Ainda assim, os investigadores ainda não observaram diretamente o planeta, mas acreditam que ele existe devido à configuração única de seis objetos distintos, específicamente quando eles se aproximam do sol, afirma a revista Science.

Os cientistas afirmam existir uma probabilidade de 0,007% de que a configuração seja devida ao acaso, e por isso estão bastante confiantes de que essa configuração única seja devida há existência de um nono planeta.


De facto, os cientistas acreditam que iremos ser capazes de observar o objeto com um telescópio no prazo de 5 anos, de acordo com a Associated Press.

Os cientistas já anteriormente haviam especulado de que poderia haver um planeta em falta no nosso sistema solar, com algumas teorias a apontar para uma colisão que fez o objeto ser ejetado para fora do nosso sistema, há aproximadamente 4 mil milhões de anos. Essa colisão pode ter ocorrido com Júpiter.

“Embora inicialmente estivessemos bastante céticos da possibilidade de existência deste planeta, à medida que continuamos a investigar a sua órbita e o que ela significaria para o sistema solar exterior, ficamos cada vez mais convencidos de que ele existisse de facto”, disse Batygin em comunicado.

“Há evidências sólidas de que o censo planetário do Sistema Solar esteja incompleto.” Batygin e Brown descreveram as suas descobertas na revista The Astronomical Journal, na passada quarta-feira. Esta descoberta é também a segunda vez que Brown remodela a forma como vemos o sistema solar.

Já em 2005 ele havia feito uma descoberta chave que levou os cientistas a reclassificarem Plutão como um planeta anão. “Todas aquelas pessoas que ficaram tristes por Plutão não ser um planeta, podem ficar agora muito felizes ao saber que há um planeta real ainda por encontrar”, disse ele.
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários: