Última refeição encontrada em estômago de Dinossauro


Sinocalliopteryx Gigas
Fósseis de dinossauro encontrados com os ossos de aves e pequenos dinossauros no estômago revelam que os animais podem ter sido caçadores vorazes, capazes de abater presas com mais de um terço do seu tamanho, dizem os pesquisadores. Ocasionalmente são encontrados fósseis com restos de animais e plantas dentro do que outrora foram as suas entranhas. Estes achados podem informar-nos acerca da sua dieta.


Os cientistas investigaram dois espécimes de um dinossauro carnívoro de Liaoning, na China, conhecida como Sinocalliopteryx Gigas. O predador tinha aproximadamente 2 metros de comprimento, e penas ou ou penugem a cobrir o corpo para ajudar a mantê-lo aquecido. Quando este dinossauro estava vivo, há cerca de 120 milhões de anos, a área era uma floresta quente e húmida, com uma fauna diversificada de dinossauros, aves e outros répteis. 

Sinornithosaurus
Um dos espécimes Sinocalliopteryx, um esqueleto completo e extremamente bem preservado, aparentemente comeu dinossauro semelhante a um pássaro, como o tamanho de um gato conhecida como Sinornithosaurus, a julgar pela perna parcial encontrado no seu intestino. O outro espécime, um esqueleto incompleto, continha os restos mortais de pelo menos duas aves primitivas, com tamanho semelhante ao dos corvos, conhecidos como Confuciusornis, bem como ossos digeridos de um dinossauro. 

 Confuciusornis
No entanto, permanece a incerteza quanto à forma como os dinossauros obtiveram essas refeições, se através de caça ou de outra forma. Ainda assim, o fato de terem devorado pelo menos dois pássaros da mesma espécie aproximadamente ao mesmo tempo, inclina os investigadores a pensarem que estes dinossauros seleccionavam ativamente a sua presa, tornando-o assim um predador. De facto, a captura de presas pontas a voar está somente ao alcance de um caçador furtivo capaz.


PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment