Recentes

Saúde +

Tecnologia +

Espaço +

Animais +

Ambiente +

Cultura +

Diversos +

Videos +



17/12/2012

São as Fadas reais?


http://www.ciencia-online.net/2012/12/sao-as-fadas-reais.html
As fadas são pequenas, muitas vezes belas criaturas com aspeto humano (às vezes com asas) que aparecem em lendas e folclore de todo o mundo. As fadas provavelmente começaram como versões de deuses da natureza e deusas pagãs, sendo frequentemente associadas com o exterior (especialmente florestas), bem como magia e viagens.

Dependendo da região, as fadas são conceptualizadas a viver em comunidades florestais, reinos subterrâneos, ou habitam lagos, colinas, ou círculos de pedra ou relva - muitas vezes junto com centauros, elfos, ogres, gnomos e outros animais míticos. As fadas têm muitas raças e tribos, e variam em tamanho e forma, embora a maioria seja pequena, sendo que algumas mudam de tamanho.

Em séculos passados, as pessoas eram muito menos sofisticadas sobre o que era real e o que não era, ainda com grande parte do mundo inexplorado e envolto em mistério. As viagens trouxeram criaturas incríveis de todo o mundo para as pessoas que nunca tinham visto tais maravilhas. Animais, como girafas, ursos e tigres, por exemplo, apareceram como atrações em circos durante os anos de 1800. Para muitos que viram estes animais pela primeira vez, dragões, sereias e fadas não parecem exagero.


Na era moderna, as fadas foram principalmente relegadas à ficção infantil mágica, daí a frase "contos de fadas". Em séculos passados, no entanto, muitos adultos também acreditavam na existência de fadas. As fadas iniciais não eram bonitas nem sensuais, eram criaturas nojentas e cruéis que provavelmente matavam as pessoas. Eram também muitas vezes benevolentes, mas também poderiam ser caprichosas e vingativas. 

Viajantes em longas viagens (ou mesmo aqueles que estão além das suas aldeias de origem) traziam ofertas para deixar às fadas, normalmente Bannock (pão) bolos, tabaco ou frutas. Em troca, o povo das fadas poderia fornecer bom tempo ou a passagem segura de feras e salteadores.

Por outro lado, aqueles que não faziam as oferendas, arriscavam-se à maldição das fadas, que aconteceria mais cedo ou mais tarde. Seja na forma de uma terrível tempestade, um acidente, ou a morte de uma criança, as fadas teriam a sua vingança. Até mesmo mencionar as fadas era o suficiente para fomentar a sua ira, por isso foram muitas vezes referida como "pessoas gentis" ou "boa gente".

As fadas também foram associados com crenças nas quais, por vezes, trocavam secretamente bebés doentes ​​de fadas por bebés humanos saudáveis. Na verdade, a crença em fadas esteve na raiz de um assassinato famoso na Irlanda. Em 1895, uma mulher chamada Bridget Clearly foi morta pelo seu marido, que alegou que ela não era realmente a sua esposa, mas sim uma fada.

Assuntos de fadas reapareceu duas décadas mais tarde, quando dois primos adolescentes, Frances Griffiths e Elsie Wright, brincaram com fadas no campo Inglês perto de Cottingley. Interagir com os amigos imaginários de fadas seria provavelmente considerado um comportamento normal para  meninas entre os 10 e 16 anos de idade, mas a dupla insistiu que as fadas eram reais. Eles até provaram com cinco fotografias que mostravam gente pequena a brincando com as meninas.

http://www.ciencia-online.net/2012/12/sao-as-fadas-reais.html

Enquanto alguns rejeitaram as fotos como falsificações óbvias, muitos outros não foram tão certeiros. Sir Arthur Conan Doyle, criador de Sherlock Holmes, acreditava que as fadas eram reais, e escreveu um livro intitulado "A Vinda das Fadas", em que ele discutiu as fadas e sua convicção de que a sua existência tinha sido provado para além de qualquer dúvida.

A realidade de fadas foi tema de debate entre alguns adultos há décadas. Finalmente, em 1983, Frances Griffiths, aos 75 anos, confessou que as "fadas" eram desenhos recortados de um livro. Embora a crença em fadas exista até nos dias de hoje em alguns lugares - especialmente na Irlanda, Islândia, Noruega e Escócia - as fadas modernos foram higienizadas para as crianças de hoje e (felizmente) perderam os seus caminhos assassinos.

Partilhe
Blogger
Facebook
Disqus

comments powered by Disqus

3 comentários:

  1. na minha opiniao sao montagens so acredito vendo kkkk sem ofensas

    ResponderEliminar
  2. As fadas de cottingley são fadas de papel,o estranho é como as meninas conseguiram colocar as fadas naquelas posições.
    mas tem vários videos no you tube que mostram fadas de verdade,inclusive de uma fada mumificada em um programa de tv ( mas não é a quela fada com asas de folhas,essa tem asa de morcego e é real) algumas aparecem até em foseis(não sei se escrive certo,tó nem ai)
    e estão sendo analisadas e estudadas (estas são reais mesmo)


    ResponderEliminar
  3. eh vdd
    q fadas existem????????????????

    ResponderEliminar

Subscrever
Tópicos
Populares

Subscreva por email



Fonte de artigos e notícias sobre ciência, saúde e tecnologia, altamente acessível para pessoas que são curiosas acerca das suas mentes, corpos e mundo circundante. Neste site exploramos as ultimas descobertas científicas e analisamos tópicos que afetam a vida das pessoas em múltiplos sentidos.


Acerca | Private Policy | Contacto | TOC
GR8BROWSERGAMES

IRONIA D'ESTADO

© Ciência Online - Saúde, Tecnologia, Ciência Todos os direitos reservados | Designed By Seo Blogger Templates