Eris: O planeta anão gêmeo de Plutão

Eris: O planeta anão gêmeo de Plutão

Eris é um planeta anão do sistema solar que tem quase o mesmo tamanho de Plutão. Saiba aqui tudo sobre o planeta anão Eris.


Além de oito planetas de tamanho completo, o sistema solar é o lar de uma série de pequenos planetas anões.

Um deles, Eris, tem quase exatamente o mesmo tamanho do membro mais conhecido da coleção, o planeta anão Plutão.

Descoberta


Quando Eris foi descoberto pela primeira vez, em 2005, pensava-se que ele era significativamente maior do que Plutão. Originalmente, foi apresentado como o décimo planeta do sistema solar. Em última análise, no entanto, a descoberta de Eris foi a grande razão do rebaixamento de Plutão a planeta anão.

Como quase todos os planetas anões (com a exceção de Ceres), Eris está no Cinturão de Kuiper, que corresponde ao sistema solar exterior. Mas Eris está ainda mais longe do que Plutão, circulando a nossa estrela a cerca de três vezes mais longe.

Assim, leva 561 anos para o planeta anão distante fazer uma única viagem ao redor do sol, embora gire uma vez a cada 25 horas, fazendo com que o comprimento do seu dia seja muito semelhante a um dia na Terra.

Observando Eris


A distância de Eris permitiu aos astrónomos fazer medições precisas quando passou em frente a uma estrela fraca em 2010, um evento conhecido como uma ocultação. Além de medir o seu tamanho, os pesquisadores também foram capazes de concluir a sua forma, tamanho e massa.

As observações ajudaram os cientistas a determinar que o diâmetro de Eris é de 2326 quilômetros, com um erro de mais ou menos 12 km. Isso faz com que o tamanho de Eris seja conhecido com mais precisão do que o de Plutão, que se pensa ter entre 2300 e 2,400 km.

Isso também significa que Plutão e Eris são, para todos os efeitos, quase do mesmo tamanho. Os pesquisadores concluíram que Eris é um corpo esférico e cerca de 27 por cento mais pesado que Plutão, o que significa que é consideravelmente mais denso do que Plutão.

Esta densidade significa que Eris é provavelmente um grande corpo rochoso coberto por um manto relativamente fino de gelo. A superfície de Eris também parece ser extremamente reflexiva, afastando 96 por cento da luz que o atinge.

Isso faz de Eris um dos corpos mais reflexivos no sistema solar, aproximadamente a par com Enceladus, a lua gelada de Saturno. Os investigadores acreditam que a superfície de Eris provavelmente é composta por gelo rico em azoto misturado com metano congelado.

Essa camada deverá ter espessura inferior a 1 milímetro. Esta camada de gelo poderia resultar da atmosfera do planeta anão que provoca a condensação da geada sobre a sua superfície, periodicamente, uma vez que se afasta do sol.

As observações também permitir aos investigadores fazer uma outra estimativa relativamente à temperatura da superfície de Eris. O lado do planeta anão virado para o sol provavelmente não fica mais quente do que menos 238ºC, enquanto as temperaturas do lado da noite são ainda menores.

Alguns fatos


  • Semi-eixo maior de sua órbita em torno do Sol: 10,2 bilhões km
  • Periélio (maior aproximação ao sol): 5,8 bilhões km
  • Afélio (maior distância a partir do sol): 14,6 bilhões km
  • Período orbital (comprimento do ano): 561,37 anos terrestres
  • Excentricidade da órbita: 0,434
  • Inclinação da órbita: 46.87
  • Período de rotação sideral (comprimento do dia): 25,9 horas, ou 1,08 dias terrestres
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário