Os telemóveis causam tumores cerebrais?

Os telemóveis causam tumores cerebrais?

Os telemóveis causam tumores cerebrais ou isso é um mito? A prova existe, você só precisa saber onde procurar. Este vídeo investiga a pesquisa.


Desde que os telemóveis existem que temos preocupações sobre se esses aparelhos fritam ou não os nossos cérebros, apesar da falta de provas conclusivas.

No final do ano passado, foi lançado um estudo sueco que alega que as pessoas que usam regularmente telemóveis por mais de 20 anos têm duas a três vezes mais chances de desenvolver um tumor cerebral.

Até mesmo a Organização Mundial de Saúde já classificou as radiação de telemóvel como sendo um potencial risco de cancro para os seres humanos.

Mas isso não parece fazer sentido - os cientistas sabem que a radiação do telemóvel é não-ionizante, o que significa que não é forte o suficiente para rasgar os electrões dos átomos ou moléculas e destruir o DNA. Não há nenhuma razão lógica para que os telemóveis causem tumores.

Então em que devemos acreditar?


No episódio de Veritasium abaixo, Derek quebra as evidências conflitantes em torno dos telemóveis e tumores cerebrais, e também explica por que motivo a metodologia que estamos a usar para testar essa potencia ligação está fundamentalmente mal elaborada.

Na verdade, Derek argumenta que a resposta para a questão é muito mais simples do que você pode imaginar, e em grande escala, as provas conclusivas estão mais perto de nós do que pensamos. Assista ao vídeo abaixo para saber a verdade. [Sciencealert]

PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário