Infecção por Listeria: Sintomas e tratamento

Infecção por Listeria: Sintomas e tratamento

A listeriose, comumente chamada de listeria, é uma infecção causada pela ingestão de bactérias Listeria monocytogenes. Saiba tudo sobre a listeria.



Ao longo dos últimos anos, a listeria tem sido responsável por dezenas de recalls de produtos alimentares, numerosas visitas ao hospital e até mesmo mortes.

Causas


A listeria é geralmente causada pela ingestão de alimentos contaminados. A listeria vive naturalmente no solo e água do meio ambiente é possível os legumes serem contaminados quando crescem em solo contaminado, ou quando estrume é usado como fertilizante.

Outras maneiras que alguém poder entrar em contacto com L. monocytogenes é através do consumo de produtos à base de carne, obtidos a partir de animais contaminados, mas que não apresentam quaisquer sintomas. Isto é particularmente verdadeiro se as carnes não forem processadas. Alimentos que são processados a partir de leite não pasteurizado também são culpados comuns.

Infecção e sintomas


Uma consumidas as bactérias, a listeria viaja através do tracto gastrointestinal e, eventualmente, entra na corrente sanguínea. As toxinas produtoras de listeria podem danificar as células e um dos lugares favoritos da Listeria é o sistema nervoso. Estas bactérias podem crescer no sistema nervoso, podendo levar a meningite ou encefalite. Os sintomas da listeriose incluem dor de cabeça, febre, calafrios, dor de estômago e vómitos.

A listeria tem um truque para infectar um paciente. Ela é sorrateira porque se esconde dentro das nossas células, e pode viajar de uma célula para outra sem sair do ambiente intracelular, o que torna muito difícil às células do sistema imunológico a detectar e atacar. As suas armas mortais são poderosos venenos (toxinas) que a listeria pode libertar e que causam grandes danos.

A listeria é particularmente perigosa para as pessoas com um sistema imunitário enfraquecido, idosos ou mulheres grávidas. Uma das razões por que é tão assustadora para as mulheres grávidas é que essas proteínas especiais ajudam a bactéria a cruzar a "barreira placentária", que normalmente protege o bebé em crescimento de germes no sangue da mãe. A listeria durante a gravidez pode causar morte fetal, aborto espontâneo, parto prematuro ou uma infecção com risco de vida para o recém-nascido. As mulheres grávidas geralmente apenas experimentam sintomas gripais leves.

Diagnóstico


Uma vez que a listeria tem sintomas que são muito parecidos com a gripe, o médico terá de executar testes para além de apenas um exame físico. Um teste de sangue é a forma mais comum para determinar se uma pessoa sofre de Listeria. O médico também pode solicitar testes de urina ou fluido espinhal para um melhor diagnóstico.

Tratamento


Em muitos casos, os infectados com listeria simplesmente precisam de deixar o seu sistema imunitário lutar contra a doença. Áqueles com casos mais graves, recém-nascidos ou mulheres grávidas, são muitas vezes prescritos antibióticos.

Prevenção


A melhor maneira de prevenir a listeria é usar técnicas cuidadosas de preparação de alimentos. Confira as seguintes dicas para evitar ser contaminado pela bactéria que causa a listeria:


  • Lavar frutas e vegetais com um pincel limpo por 20 segundos em água morna e sabão. Mesmo que a pele da casca dos legumes ou frutas, como melões, não seja comida, devem também ser limpas antes de serem cortadas.
  • Toda a carne deve ser cozida adequadamente.
  • Todos os produtos lácteos devem ser feitos com leite pasteurizado para minimizar o risco de contaminação dos alimentos.
  • Carnes não devem ser armazenadas na geladeira por mais de duas semanas, e pacotes abertos não devem ser armazenados mais de uma semana.
  • Quem mexo nos alimentos deve lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água morna e sabão quando for mexer com alimentos.
  • Não usar a mesma faca ou tábua de corte para legumes e carne crua. Além disso, facas utilizadas em vegetais e frutas não devem ser usadas para cortar carne cozida a menos que sejam adequadamente limpas.
  • Ao contrário da maioria das bactérias, a Listeria monocytogenes pode crescer em frigoríficos, por isso tome cuidado ao armazenar alimentos que possam estar contaminados com listeria. [Livescience]
PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários: