Mesmo uso casual de maconha altera o cérebro

Mesmo uso casual de maconha altera o cérebro

As pessoas que fumam maconha algumas vezes por semana, mas não são viciadas, podem sofrer alterações nos seus cérebros em áreas envolvidas na emoção, motivação e vício, sugere um novo estudo.


No estudo, as pessoas que fumavam maconha cerca de uma a cinco vezes por semana tiveram mudanças no tamanho, forma e densidade de uma região do cérebro chamada núcleo accumbens, em comparação com pessoas que não usam a droga.

A região era anormalmente grande e mais densa em usuários de maconha - e quanto mais maconha uma pessoa fumava, mais pronunciadas essas anormalidades eram, disseram os pesquisadores no novo estudo que foi publicado no Journal of Neuroscience.

"A crença comum na população em geral é a de que o uso causal de maconha não faz mal, mas estes resultados argumentam que isso pode não ser o caso", disse o pesquisador Hans Breiter, professor de psiquiatria e ciências comportamentais na Northwestern University, em Chicago.

Outra região chamada amígdala também tinha uma forma anormal em pessoas que fumavam maconha, de acordo com o estudo.

Embora estudos anteriores já haviam mostrado alterações cerebrais em usuários de maconha pesados ​​(aqueles que fumam cerca de 20 cigarros por semana, durante muitos anos), o novo estudo é o primeiro a vincular o uso menos frequente de maconha a anormalidades cerebrais, disseram os pesquisadores. [Uso crónico de cannabis pode causar inflamação no cérebro]

Neste estudo, o uso da maconha foi associada a alterações nestas duas partes centrais do cérebro, que são regiões muito importantes e fundamentais para as pessoas, estando essas alterações diretamente relacionadas com a quantidade de droga que as pessoas usam.

No entanto, o novo estudo analisou os cérebros dos participantes em apenas um ponto no tempo, de modo que os resultados não podem provar que o uso da maconha provocou diretamente essas diferenças cerebrais. Para provar, futuros estudos terão de analisar as pessoas ao longo do tempo.

Além disso, não está claro se essas mudanças cerebrais são prejudiciais às pessoas. Os pesquisadores estão a realizar estudos para responder a esta pergunta. Estudos em animais sugerem que os tipos de alterações cerebrais observados em indivíduos do estudo ocorrem quando as pessoas estão em processo de se tornar viciados, disseram os pesquisadores.

Os pesquisadores escanearam os cérebros de 20 pessoas em idade universitária que fumavam casualmente maconha e outras 20 pessoas que não usavam a droga. Os consumidores de maconha usaram a droga pelo menos uma vez por semana, mas um teste de entrevista padrão mostrou que não estavam dependentes da droga.

Os pesquisadores escolheram olhar para o núcleo accumbens e para amígdala porque se acredita que essas regiões são importantes nos sentimentos gratificantes de drogas, e outras coisas que as pessoas consideram prazerosas.

Estudos mostram que ratos expostos ao tetrahidrocanabinol (THC), o princípio ativo da maconha, desenvolvem novas conexões no núcleo accumbens. Os investigadores suspeitam que essas novas ligações façam com que outras recompensas na vida - como comida e interação social - pareçam menos satisfatórias, em comparação com os efeitos da droga.

O aumento do volume e da densidade no núcleo accumbens dos participantes do estudo sugere que elas podem estar a formar novas conexões nessas áreas do cérebro. Pesquisas futuras devem examinar se a abstenção de maconha pode causar o desaparecimento das anormalidades.

De igual forma, poderão também investigar se fumar maconha em diferentes fases da vida (por exemplo, durante a adolescência) afeta o desenvolvimento do cérebro. Esta investigação tem de se mover rapidamente, especialmente porque a sociedade se move no sentido da legalização da droga e do seu uso para fins médicos. [Livescience]

Recomendado pelo editor:

PARTILHE
loading...
    Blogger Comment
    Facebook Comment

3 comentários:

  1. Não vai demorar muito para aparecer um ¨noia¨ Maconheiro para dizer que isso não procede, todo maconheiro quer desculpa para ficar doidao, não precisamos de outra droga legalizada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. esses q usam drogas sao idiotas pk isso é o msmo q se suicidar sò q aos poucos

      Eliminar
    2. Uma planta nao pode fazer mal a saude, ja ouviu alguem dizer q fulano morreu de maconha...já o alcool mata milhares de pessoas por ano.

      Eliminar